Página Inicial > Notícias > Notícias > Programa de Assistência Domiciliar do Ipesaúde oferece atendimento a beneficiários com necessidades específicas

Programa de Assistência Domiciliar do Ipesaúde oferece atendimento a beneficiários com necessidades específicas

Continuar promovendo assistência aos beneficiários, de acordo com suas necessidades. Esse é o objetivo do Programa de Assistência Domiciliar (PAD), que atua no atendimento a pacientes que possuem dificuldades ou impedimentos e com patologias crônicas, alguns nas faixa etária de 70 a 100 anos, pacientes com demência, que basicamente não evoluem de uma forma positiva. Além de outras especificidades, como explica a coordenadora do Programa, Luciana Kummer.

“Também atendemos pacientes que estão saindo do tratamento da Covid, pacientes que ficam em atendimento temporário e à medida que evoluem das sequelas que eles ficaram recebem alta. O programa também tem uma ramificação para atender pacientes que estão em isolamento através do telemonitoramento que é outro braço do PAD”, explica Luciana Kummer.

A coordenadora reforça ainda que, no caso da Assistência Domiciliar é necessário que o paciente tenha dificuldade de se deslocar até a unidade e essas informações devem estar sob relatório médico. O profissional que faz o plano terapêutico deve informar se essa pessoa precisa de atendimento domiciliar e quais atendimentos é necessário.

Telemonitoramento

Em relação ao Telemonitoramento, são pacientes assistidos pelo Centro de Tratamento da Síndrome Gripal e pelo Serviço de Pronto Atendimento (SPA), que realizaram o teste RT-PCR, fazem o acompanhamento no Centro de Tratamento da Síndrome Gripal, os médicos em questão encaminham eles para o isolamento, após a detecção da possibilidade da contaminação, seja certeza ou suspeita, como acrescenta Luciana Kummer.

“O beneficiário vai para o isolamento e as unidades responsáveis informam sobre esses pacientes, colocamos eles no programa e eles ficam em acompanhamento durante o período protocolar, que vai até 10 dias. Neste período protocolar esses pacientes são acompanhados pela nossa equipe, que faz o trabalho de telemonitoramento que é formado por estagiários de medicina, enfermeiros e médicos”, conclui.

Atendimento

No caso da assistência domiciliar, esses pacientes são acompanhados atualmente por uma empresa que é credenciada ao Ipesaúde. Essa empresa tem uma equipe formada que atende dentro também da necessidade prevista pelo médico e respeitando o relatório do paciente. O médico define qual o plano terapêutico que o paciente deverá passar.

A equipe do PAD, ao realizar o atendimento, principalmente neste momento atual, tem intensificado os cuidados e cumprindo as normas de biossegurança para evitar contágios e preservar a saúde de ambos, como pontua a enfermeira da equipe, Françuarla Santos.

“Antes de entrarmos na casa, sempre fazemos o processo de higienização das mãos com água e sabão na casa, passamos álcool, além dos equipamentos de proteção individual, como jaleco, touca e máscara. Também temos muito cuidado ao manter contato com o paciente, pedimos que o familiar coloca uma máscara nele, pois é importante mantermos a segurança”, conta Françuarla Santos.

Há também acompanhamento e gerenciamento dos pacientes em internamento domiciliar, é uma outra modalidade do PAD, através do qual os pacientes em internamento domiciliar, na sua maioria, vem das unidades hospitalares, pacientes que precisam de suporte mais avançado, que precisam de equipamentos e de um atendimento mais específico.

Importante ressaltar também que a classificação de idade não necessariamente é de 70 a 100 anos, temos pacientes de 28 anos que está em assistência domiciliar, por situações diferentes daquelas que estão nessa categoria de idade.

Atualmente, 90 pacientes fazem parte do programa domiciliar e, até o momento, no telemonitoramento foram contabilizados 1315 pacientes atendidos, considerando pacientes com alta médica e em atendimento.

Dúvidas sobre o serviço podem ser esclarecidas através do 3198-4269.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *