Página Inicial > Notícias > Notícias > Ipesaúde salienta cuidados à tecnologia com a saúde mental

Ipesaúde salienta cuidados à tecnologia com a saúde mental

Nos dias atuais vive-se a era da informação, a tecnologia faz parte das nossas vidas impactando de diferentes formas. Aqui no Brasil por exemplo, de acordo com um levantamento da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2019, cerca de 82,7% dos domicílios nacionais possuem acesso à internet.

E mesmo com os benefícios que a tecnologia traz, há também os malefícios, chegando a serem tão fortes que acabam interferindo na saúde mental de quem a utiliza. Segundo Andréa Patrícia, psicóloga do Ipesaúde, o excesso de informação (infodemia) pode gerar prejuízos emocionais afetando significativamente a saúde mental. “Os impactos do uso excessivo de redes sociais em crianças e adultos e os perigos do cyberbullying são realidades bem presentes e merecem nossa atenção”, comenta a psicóloga.

Entretanto, Andréa ressalta os pontos positivos da tecnologia, como as vídeo chamadas que aproximaram mais pessoas, encurtando distâncias, e as lives atuais, com compartilhamento e socialização de temas importantes: ”Quando usadas de maneira coerente e responsável, o ambiente virtual torna-se saudável e produtivo, aliás, como tudo na vida” diz ela.

Pandemia

Durante a pandemia, a sensação de isolamento aumentou cada vez mais e o medo do exterior consequentemente, e com isso há discussões de como será o convívio social pós covid-19. Para Andréa Patrícia, psicóloga do Ipesaúde, mesmo com o avanço tecnológico, nada é igual às proximidades físicas e relacionamentos reais.

Quando questionada a influência da psicologia nesse período Andréa responde: “Tivemos que lidar com uma nova forma de adaptação: à realidade online e o isolamento. Trabalho, estudo, consultas médicas, compras, entretenimentos, ferramentas digitais, entre outros elementos do mundo ON estão fazendo parte do nosso cotidiano, o modo inevitável de nos relacionarmos dentro desta realidade. Tudo isto gerou mais ansiedade, estresse e outros sintomas dentro deste contexto complexo. Então o apoio psicológico para o enfrentamento dessas condições é importante e ajuda a atravessar esse período que vivemos”

Por fim, a psicóloga do Ipesaúde recomenda alguns cuidados quanto ao uso consciente das mídias sociais:

Limitar o tempo de uso das mídias sociais;
Monitorar sites de visitas que crianças e adolescentes buscam;
Não espalhar conteúdos preconceituosos, depreciativos e discriminatórios;
Verificar a veracidade das informações passadas;
Estimular a brincadeira em família;
Priorizar informações que agreguem valor.

O Serviço de Atenção em Saúde Mental (SASM) funciona de segunda a sexta, das 7h às 18h na autarquia do Ipesaúde, localizado na Rua Campos, 177, São José. O telefone para contato é (79) 3198-4375.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *