Página Inicial > Notícias > Notícias > Ipesaúde faz evento alusivo a campanha: Novembro Diabetes Azul

Ipesaúde faz evento alusivo a campanha: Novembro Diabetes Azul

Última atualização em 23/11/2022 às 13:28:17

Hoje, 14 de novembro é celebrado o Dia Mundial do Diabetes e para levar informações às pessoas que convivem com a doença, o Centro de Endocrinologia e Diabetes Luciano Barreto Junior do Instituto de Promoção e Assistência à Saude dos Servidores do Estado de Sergipe (Ipesaúde), realiza uma programação especial durante toda a semana com palestras de conscientização sobre a doença para os beneficiários presentes na unidade até a sexta-feira, dia 18.

A nutricionista e coordenadora do Centro de Endocrinologia e Diabetes, Juliana Mendonça, explica que o objetivo da semana em alusão ao Novembro Diabetes Azul, é de otimizar e fazer com que a equipe multidisciplinar do Centro apresente todo potencial de atuação que é desenvolvido na unidade. Além das palestras serão realizados exames e exames extras do pé, e no dia 24 acontecerá uma oficina sobre cuidados paliativos para os pacientes com diabetes tipo 1 com enfermeiros e nutricionistas da casa.

Coordenadora do Centro de Endocrinologia e Diabetes, Juliana Mendonça

A médica endocrinologista, Nathalia Costa, destaca sobre a prevenção e o tratamento adequado do diabetes realizado pelo Ipesaúde. Segundo ela, a importância dos cuidados com a doença é para fazer os beneficiários compreenderem sobre os fatores de risco para o diabetes e como preveni-los no caso do diabetes tipo 2 e sobre a importância de realização do diagnóstico precoce no diabetes tipo 1.

Acesso aos Cuidados do Diabetes

Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, cerca de 12 milhões de brasileiros são diabéticos. O diabetes ocorre quando o corpo não produz ou produz pouca quantidade da insulina, o hormônio que controla a quantidade de glicose no sangue. São diversos os tipos de diabetes, os mais conhecidos são os tipos 1 e 2 e o gestacional.

A endocrinologista, Nathalia Costa, destaca sobre a prevenção e o tratamento adequado do diabetes realizado pelo Ipesaúde

Nathalia explica que o controle da doença é fundamental. “O diabetes é uma doença que precisa de tratamento e acompanhamento constantes, podendo levar a cegueira, a insuficiência renal e até a amputação de membros. Existem estudos que demonstram que o controle glicêmico adequado reduz o risco de complicações”.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, entre 2019 e 2021, os diagnósticos aumentaram 16%. O recomendado é que pacientes que apresentem perda de peso, sede excessiva e urina em excesso procure o médico para avaliação. Já aqueles que não tenham sintomas é recomendado realização de exames para avaliação glicêmica. O diagnóstico ocorre através de exames laboratoriais para todos os tipos de diabetes. O controle pode ser feito por meio de um monitor de glicemia ou com o uso de bombas de insulina, usados com orientação da equipe médica.

A glicemia normal em jejum é abaixo de 100mg/dL e duas horas após o teste de tolerância oral a glicose com 75 gramas não deve ultrapassar 140mg/dL. A médica diz que o tratamento é individualizado conforme o tipo de diabetes, para controlar o paciente pode necessitar de medicação via oral ou o uso de insulinas.

É possível prevenir o diabetes tipo 2 com estilo de vida saudável, ou seja, praticar atividade física e manter uma alimentação balanceada. A endocrinologista do Ipesaúde destaca que “quando o paciente já tem o diagnóstico , necessita de um controle glicêmico adequado através da equipe multidisciplinar coesa. Sendo importante seguir as orientações e comparecer com regularidade às consultas”.

Ação referente ao Dia Mundial do Diabetes

De acordo com a endocrinologista, o Centro de Diabetes do Ipesaúde está conseguindo fazer um trabalho excelente através de uma equipe multidisciplinar que está conectada “e isso melhora a qualidade de vida de centenas dos nossos pacientes”.

O Centro de Endocrinologia e Diabetes é uma unidade voltada à promoção de hábitos saudáveis, programas de educação em saúde e abordagem de enfermidades como o diabetes, hipertensão arterial e a obesidade. Um dos mais modernos centros de atendimento ao paciente diabético, com uma estrutura que dispõe de consultórios, ambulatório de feridas do pé diabético e exame do pé em risco. O Centro possui serviços de Endocrinologia adulto e pediátrico; Clínica Médica; Serviço de Enfermagem; Nutrição; Educação em Saúde.

Para mais informações, os beneficiários podem entrar em contato com a unidade através do (79) 3198-4255 / 3198-4307 e o funcionamento da unidade ocorre de segunda a sexta, das 7h às 18h.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *