Página Inicial > Notícias > Notícias > Ipesaúde alerta para cuidados contínuos com a saúde do homem

Ipesaúde alerta para cuidados contínuos com a saúde do homem

A campanha do Novembro Azul que é voltada para a conscientização da saúde do homem, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata está chegando ao fim. Durante todo o mês de novembro o Ipesaúde promoveu ações nas unidades e nas redes sociais com o objetivo de difundir as principais informações sobre os cuidados de saúde que os homens precisam adotar. Uma série de pequenos vídeos com quatro urologistas do instituto abordando a temática foram de grande destaque para os beneficiários.

Campanha

“Os homens precisam estar atento à saúde integral, que é muito mais ampla, independente das idades”, diz o urologista do Ipesaúde, Carlos Alberto Paes Silveira. Ele revela que o foco do Novembro Azul é o câncer de próstata, porque é o mais comum no homem, não apresenta sintomas e é o segundo câncer que mais mata.

Já o urologista Wesley Lima explica que os sintomas iniciais do câncer de próstata e informa com mais detalhes sobre as possíveis complicações. Wesley reforça que o mais importante é não esperar ter os sintomas, com o diagnóstico precoce há possibilidade de cura e de um tratamento com poucas sequelas.

Independentemente se houver fatores de risco ou não, os homens precisam cuidar da saúde. O urologista do Ipesaúde, Jorge Ramos, explica que a avaliação precoce deve acontecer a partir de 45 anos, se o homem tiver histórico familiar ou seja obeso. Caso contrário o recomendado é a partir dos 50. A identificação precoce do câncer de próstata acontece através de duas maneiras: medição do PSA (substância dosada no sangue) e o exame do toque retal.

Já ouviu falar que o homem é invencível, super forte e que nunca precisa ir ao médico cuidar da saúde? O urologista do Ipesaúde, Matheus Peixoto, faz questão de desmitificar essa ideia. “O momento certo para ir ao médico é desde cedo. A idade ideal é quando chega a adolescência e percebe as mudanças físicas em seu corpo”, afirma. Fica o alerta que a procura médica tardia pelos homens tem consequências graves. O médico acrescenta ainda que o diagnóstico da doença pode aparecer apenas no estágio mais avançado, evitando um tratamento efetivo de cura.

Confira abaixo os depoimentos completos do time de urologistas do Ipesaúde sobre os cuidados com a saúde do homem e continuem se cuidando. Saúde!

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *