Página Inicial > Notícias > Notícias > Entenda o funcionamento do SPA: porta aberta aos beneficiários do Ipesaúde

Entenda o funcionamento do SPA: porta aberta aos beneficiários do Ipesaúde

Última atualização em 12/12/2022 às 10:17:09

O Serviço de Pronto Atendimento Dr. Willen Alves Correia (SPA) é a porta de entrada do paciente do Ipesaúde, pois trata-se do atendimento de urgência e emergência 24 horas da instituição. Até o dia 30 de novembro foram realizados 47.818 mil atendimentos envolvendo clínica médica e cirurgia geral.

A unidade possui uma equipe técnica multidisciplinar formada por médicos cirurgiões gerais e clínicos, bem como enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, nutricionistas, farmacêuticos, assistentes sociais e outros profissionais da saúde.

Além disso, conta com diversas especialidades, como por exemplo, urologista, neurologista, infectologista e cardiologista. “Nós temos praticamente todas as especialidades atuando no SPA sob aviso, e também contamos com escala médica de plantões bem definidas”, acrescenta Laís Karoline Rodrigues, Gerente assistencial do SPA.

No SPA estão disponíveis aos beneficiários consultórios médicos; enfermarias masculinas e femininas; salas de estabilização e internamento; posto de medicações rápidas; laboratório de exames de diagnóstico completar, como por exemplo, raio x, ultrassom e tomografia, além dos outros Serviços de Apoio Diagnóstico Terapêutico (SADT), assim como uma ouvidoria interna. 

Laís Karoline Rodrigues, Gerente assistencial do SPA

O que acontece quando o paciente entra no SPA?

Sendo o primeiro local em que o beneficiário do Ipes se dirige em casos de urgências e emergências de saúde, o paciente passa pelo enfermeiro da triagem, assim é classificado de acordo com o risco: azul, verde, amarelo, laranja, vermelho, o que vai indicar o tempo de espera. Depois é atendido por um médico. Caso seja necessário toma a medicação prescrita, faz exames e, se for cabível, o profissional da saúde o encaminha para internação. Caso contrário recebe alta.

Quando o paciente é admitido e precisa ser internado, o primeiro passo é acomodar o beneficiário no leito e a equipe do SPA solicita vaga para os hospitais credenciados da rede do Ipes. Entre a entrada e o encaminhamento do paciente para o hospital, que melhor atende à sua necessidade, existe um prazo máximo para permanecer no SPA. Apesar deste fluxo, de acordo com Nathaly Gonçalves, responsável técnica e médica, o paciente é assistido por diversas especialidades independentemente. “Hoje em dia temos as escalas, os plantonistas e os especialistas. Temos o diarismo, ou seja, a equipe médica está comprometida continuamente em evoluir o paciente mesmo que temporário”, afirma.

Nathaly Gonçalves, responsável técnica e médica

Vale ressaltar que apenas dois públicos não entram pela porta de entrada do SPA. A urgência pediátrica é pelo Hospital São Lucas, e a ortopédica no Hospital Renascença.

O beneficiário pode escolher o hospital em que será encaminhado?

Por ser um setor de urgência 24h, o SPA possui grande entrada de pacientes. Lá eles são recebidos, passam pelo atendimento clínico, realizam exames, são fornecidas medicações rápidas e quando necessário é efetivado o internamento. Quando a internação acontece o paciente precisa ser transferido o mais rápido possível para um hospital referência em seu problema de saúde.

“Sempre precisamos analisar qual hospital melhor atende o perfil do paciente, pois pode haver algum na retaguarda que não vai atender a necessidade assistencial dele. Diante dessa situação já aconteceu de usuários desejarem ir para um outro hospital, porque pensavam que ali o problema seria resolvido. Mas a grande questão é que avaliamos a assistência ao beneficiário como um todo, é a equipe técnica médica que irá avaliar”, explica Clara Elizabeth, Gerente Administrativa do SPA.

Clara Elizabeth, Gerente Administrativa do SPA

Clara explica que a atual gestão alinhou a comunicação interna para repassar as informações de forma rápida e precisa, de acordo com o fluxo de atendimentos.

Para entender melhor o fluxograma, confira a seguir os hospitais conveniados e suas especialidades no suporte aos beneficiários do Ipesaúde.

  • Renascença (ortopedia)
  • Cirurgia (cirurgia geral, cardiologia e suporte para pacientes oncológicos)
  • Hospital do Coração (cardiologia)
  • São José (paciente de baixa e média complexidade, e suporte com UTI)
  • Santa Isabel (pacientes clínicos de baixa e média complexidade e UTI)
  • São Marcelo (psiquiatria)
  • Santa Helena (obstetrícia)
  • São Lucas (outras especialidades fora da escala)
  • Primavera (outras especialidades fora da escala)

Qualidade no atendimento

Com a mudança de comportamento durante o atendimento e acolhimento mais humanizado ao beneficiário e acompanhantes, é recorrente o retorno positivo sobre os serviços. Quem constata isso no dia a dia é a gerente assistencial, Laís Karoline.

Em contato direto com os beneficiários que são assistidos na Urgência, Laís ressalta que o nível de satisfação por parte dos pacientes é alto e muito positivo. “Existe um grande empenho por parte de toda equipe multidisciplinar. Sempre focamos na empatia e no acolhimento. A forma que você recebe o beneficiário e que você comunica faz toda a diferença. Às vezes ele chega de um jeito e quando você acolhe, conversa e explica ele já muda o posicionamento, e o atendimento é realizado de uma forma tranquila”, adianta a assistente social.

O Serviço de Pronto Atendimento está localizado na Av. Desembargador Maynard, S/N, Bairro Cirurgia, no anexo ao Hospital Cirurgia, na capital sergipana. O telefone de contato da recepção do SPA é o (79) 3198-4358.


Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *